Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Professor da UFPA participa na criação de experimentos para testar máscaras de tecido

  • Publicado: Quarta, 16 de Setembro de 2020, 19h42
  • Última atualização em Quarta, 16 de Setembro de 2020, 22h43

O professor Antônio Pereira, da Faculdade de Engenharia Elétrica e Biomédica do Instituto de Tecnologia (ITEC) da UFPA, publicou, em parceria com cientistas e comunicadores de outros cinco países, um artigo sobre um módulo educativo para testar a efetividade de máscaras de tecido em diminuir a propagação da COVID-19 no periódico Frontiers in Medicine. “Desde o início da pandemia tem ocorrido um intenso debate sobre a eficácia do uso de máscaras faciais para prevenir a transmissão da COVID-19. Para ajudar a separar fato da ficção, oito cientistas do Brasil, Canadá, Colômbia, Equador, França e os Estados Unidos se uniram para criar um módulo educativo que transforma membros da população em "cientistas cidadãos" que irão aprender sobre física da propagação de gotículas de líquido e testar a eficácia do uso de máscaras para evitar o espalhamento de gotículas orais e nasais contendo coronavírus”, explica o professor Antônio Pereira. Segundo ele, os módulos são importantes para reforçar a importância do uso de máscaras para controlar a propagação de doenças respiratórias infecciosas, como a COVID-19. “As crianças estão retornando às aulas nesse momento e esse conhecimento vai ajudá-las a valorizar o uso de máscaras e diminuir o impacto de uma eventual segunda onda do vírus”. Os módulos educacionais estão disponíveis em 4 idiomas e podem ser implementados em escolas ou em outros grupos da comunidade. Os módulos podem ser conferidos em português aqui. Os "cientistas cidadãos" que fizerem os experimentos podem fazer a entrada dos seus resultados experimentais em formulários e esses dados serão compilados pela equipe do estudo. “De qualquer forma, imaginamos que o maior impacto vai ocorrer em estimular as pessoas a valorizar o conhecimento científico na luta contra a pandemia ao permitir que comprovem, através de experimentos fáceis de realizar, o valor real de medidas de prevenção para diminuir o seu impacto”. O artigo completo pode ser lido aqui. Texto: Rafael Miayke – Assessoria de Comunicação da UFPA Imagem: Reprodução Google

registrado em:
Fim do conteúdo da página